Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 16 996107999

Edmir Gonçalves diz que piloto morto em acidente com avião agrícola era experiente: ‘Sabia muito sobre pilotagem’- ouça

Áudio da entrevista no Jornal da Manhã deste sábado 15/01 Rádio Primeira FM 99,9 Itápolis, Clique no play para ouvir

O empresário Edmir Gonçalves, sócio da escola do aeroclube de Itápolis (SP) que formou o piloto Alan Henrique de Oliveira, de 24 anos, lamentou a morte do aluno após acidente com um avião agrícola em Cafesópolis, distrito de Cafelândia (SP). Segundo Edmir, Alan era muito experiente na função.

Segundo o empresário, Alan Henrique foi um aluno tão destacado durante sua formação que chegou a atuar por alguns anos como instrutor da escola de Itápolis, antes de fazer o curso de aviação agrícola.

“Apesar de jovem, ele era experiente e sabia muito sobre pilotagem, cumpriu várias de suas horas de voo na função de instrutor da nossa escola. Além disso, já era experiente na atual função na aviação agrícola, estava em sua terceira safra. O que mais sensibiliza a todos que o conheceram é que ele morreu trabalhando naquilo pelo qual era apaixonado”, afirma Edmir Gonçalves.

O empresário afirma que ainda aguarda as investigações, tanto da Polícia Civil como do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), mas ele acredita que, diante da habilidade e experiência do piloto, a possibilidade de falha mecânica ou alguma avaria durante o voo não devem ser descartadas.

Alan Henrique morava atualmente em Itápolis, mas sua família é de Jaú (SP), onde seu corpo será sepultado.

O velório teve início no fim da noite desta sexta-feira, em funerária na Rua Rangel Pestana, no centro da cidade, e segue até as 16h deste sábado (15), quando acontecerá o sepultamento no cemitério municipal.

Texto acima: Fonte G1 Bauru

Deixe seu comentário:

Equipe

Facebook

Parceiros